SEGUIDORES DO BLOG

Quer participar do blog
Como seguidor?

CLIQUE AQUI!

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Mais sensível

 Você não pode ser sensível apenas em uma dimensão. A sensibilidade pertence à totalidade do seu ser, ou seja: você é sensível em todas as dimensões.

Seja mais receptivo e aumente sua capacidade de olhar. Se estiver andando sob o sol e sentir os raios em seu rosto, seja sensível ao seu toque, ao seu calor. E preste atenção também no momento em que a luz interna o atingir.

Quando você estiver sentado em um parque, sinta a grama, o verde, observe o tom, a diferença na umidade, o cheiro da terra. Se não conseguir, não terá acesso aos seus próprios sentimentos quando eles começarem a acontecer.

Sinta o que está a seu redor, este é o caminho mais fácil. Se não conseguir estabelecer uma conexão com o exterior, não poderá sentir o interior. Seja mais poético e menos pragmático em sua vida. Às vezes não custa nada ser sensível.

Ao tomar banho, você sentiu a água? o banho faz parte de sua rotina: cinco minutos e mais nada. Fique embaixo do chuveiro e deixe que a água caia sobre você durante alguns minutos. Isso pode transformar em uma experiência profunda, porque a água é vida. Se não conseguir sentir a água caindo em você, não conseguirá perceber suas próprias marés internas.

Você pode ser sensível onde quer que esteja e a sensibilidade lhe trará algo em retorno. Pense menos, sinta mais. Volte a sentir as coisas. Viva de acordo com seu coração, e não com sua mente. Brinque um pouco, sorria, chore, cante, faça algo espontaneamente. Relaxe seu corpo, sua respiração e mova-se como se fosse novamente uma criança. Isso é uma experiência fascinante! Observe uma criança. Ela não tem medo de ser o que é, sem se importar com que os outros pensam sobre isso. É verdadeiramente franca, porém tem a doçura dos anjos.

Se você não puder sentir os raios de sol, a chuva, a grama ou o mundo que o cerca, então não poderá sentir coisas mais profundas, como o amor e a compaixão. Raiva, violência, tristeza são emoções muito evidentes, cruas, fáceis de serem alcançadas. Mas o caminho que nos leva para dentro de nós é sutil, e quanto mais verdadeira for sua entrega, mais grandiosos serão seus sentimentos. É preciso estar aberto para viver essas emoções! 

Essa história de cada um por si e Deus por todos, não está com nada...vejo como as pessoas nessa corrida maluca pela vida, estão se distanciando uma das outras e não estão dando valor aos verdadeiros sentimentos de amizade, de solidariedade...cada um com seus problemas se torna frase feita, de efeito...esquecem o  compartilhar... 

Faça algo para melhorar cada vez mais como pessoa, como ser humano...
Não devemos abrir mão dos sentimentos nobres, é um exercício diário, pois é mais fácil criticar, falar mal uns dos outros, apontar o dedo, do que ter compaixão...

Lembre-se: não é fácil, todo dia é um novo começo, um novo aprendizado, uma nova maneira de ver as coisas...

Olhe ao seu lado, tem sempre uma pessoa precisando de uma palavra de carinho, de conforto...
Ninguém muda da noite pro dia, mas basta você querer ser melhor todos os dias!

Existem muitos caminhos...
Encontre o seu...
Procure seu eixo, seu equilíbrio, ele existe...
Aquieta seu coração para ouvir a voz do Deus interior...
Quando sairmos de nossa matéria, existirá somente um espírito, o que levaremos de bom?

Encontre a outra pessoa sempre como se fosse a primeira vez.
E encontre a outra pessoa sempre como se essa fosse a última vez.
É de fato assim, que as coisas são.




Um comentário:

  1. Apaixone-se pela vida a cada instante, ela é tão tênue que cada minuto vale muito mais que qualquer moeda ou pedra preciosa.

    ResponderExcluir